O deputado Zeca Viana (PDT-MT) convocou na sessão de terça-feira (21/3) os demais parlamentares para assinarem a Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) com o objetivo de investigar contas da Assembleia Legislativa, como sugeriu o governador Pedro Taques (PSDB).

A reação do governador foi uma resposta à iniciativa da deputada Janaína Riva (PMDB) em propor no início do mês a CPI da Previdência estadual (MTPrev). Nesta terça-feira, tanto Zeca Viana quanto Janaína disseram que já há 4 assinaturas para a CPI da ALMT.

“Senhor presidente, está aqui a abertura da CPI para nós investigarmos a Assembleia Legislativa, da qual o seu governador pediu. Tem somente 4 assinaturas até agora”, comentou Zeca Viana.

“Eu gostaria de pedir aos nobres deputados que retiraram a assinatura do pedido para investigar o MTPrev, para que assinem essa. Façam esse favor. Ajudem o governo do Estado. É isso isso que ele quer, vamos investigar gente !”

O governo do Estado tinha previsão de encaminhar para a Assembleia Legislativa proposta de uma reforma na Previdência estadual, cujo teor seria aumentar a alíquota de desconto no salário dos servidores de 11% para 14%.

A reforma é um dos quesitos solicitados pelo governo do presidente Michel Temer (PMDB) aos Estados para renegociar a dívida destes.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Frente Parlamentar debate pavimentação de rodovia ... POR Priscila Mendes / ALMT   A Frente Parlamentar do Agronegócio recebeu na tarde desta terça-feira (7) as demandas e sugestões do Grupo pe...
Após denúncia de Zeca Viana, MPE investiga contrat... Atendendo a uma denúncia protocolada pelo deputado estadual Zeca Viana (PDT) em março, o Ministério Público Estadual (MPE) abriu inquérito para invest...
Zeca Viana cobra explicações sobre elaboração da R... A contratação da Fundação Getúlio Vargas (FGV) para realização dos estudos e elaboração da minuta da Reforma Tributária de Mato Grosso é alvo de reque...
Viana avisa que vai barrar empréstimo do VLT até a... Revoltado com o anúncio de que o Hospital Regional de Sorriso pode voltar a fechar as portas devido ao atraso de repasses do governo do Estado, o depu...