FPS apresentou propostas para o desenvolvimento da suinocultura no município.

Com a proposta de fortalecer a produção de suínos na agricultura familiar, a equipe da Frente Parlamentar da Suinocultura (FPS) participou na noite de quarta (13) de uma reunião com produtores rurais da cidade de Tangará da Serra (250 Km  de Cuiabá) para discutir a implantação de um Programa de Capacitação de Pequenos Produtores de Suínos no município.

O evento contou com a presença de pequenos criadores, entusiastas e interessados no fortalecimento da suinocultura. Para o coordenador geral da FPS, deputado Zeca Viana (PDT-MT), pequenos produtores de todo o estado tem visto na suinocultura uma nova fonte de renda para suas famílias, mostrando que o estado tem plenas condições de ocupar posições de destaque no mercado.

“É muito bom ver a participação ativa e o interesse dos pequenos produtores do nosso estado, que assim como nós da Frente Parlamentar da Suinocultura queremos produzir animais com qualidade e boas práticas, garantindo assim o melhor para as famílias mato-grossenses, a economia do estado, bem como elevar Mato Grosso à liderança nacional da produção de carne suína”, disse Zeca.

O pesquisador e consultor técnico da Frente Parlamentar, Dr. Leôncio Pinheiro, destacou a importância de debates sobre o setor suinícola e a importância da capacitação. “Este é mais um passo importante para a tecnificação da suinocultura em Mato Grosso. Queremos que os produtores do estado ofereçam animais com um padrão de genética e carcaça de alta qualidade, seja para abastecimento do mercado local ou nacional. Não só isso, mas também o manejo correto dos rejeitos da produção, com a geração de energia limpa através da biodigestão e compostagem deste material”, afirmou.

Silvio Sommavilla, membro-fundador da Agência de Desenvolvimento de Tangará da Serra (ADT), ressaltou que a participação popular e dos poderes Legislativo e Executivo nas discussões é fundamental para creditar e dar celeridade ao processo de fortalecimento da suinocultura em Tangará e região.

“Nosso município já foi um dos grandes produtores de suínos do estado. Hoje, 95% da carne suína consumida aqui vêm de municípios das regiões Sul e Norte do estado. Temos plenas condições de implantarmos a suinocultura como nova fonte de renda, e essa reunião é o ‘embrião’ do projeto para prepararmos os pequenos produtores do nosso município, aquecermos a economia regional e recolocarmos Tangará da Serra no cenário da produção de suínos de Mato Grosso, oferecendo animais para cria, recria e abate com alto padrão de qualidade”, concluiu.

Leôncio Pinheiro, pesquisador e consultor técnico da FPS.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Embrapa apresenta novas tecnologias de produção pa... Liderada pelo deputado estadual Zeca Viana (PDT/MT), a Frente Parlamentar do Agronegócio está preparando uma nova fase do Programa de Tecnificação da ...