O deputado estadual Zeca Viana (PDT-MT) cobrou do governo do Estado mais transparência na divulgação dos dados referentes à previdência dos servidores públicos estaduais, por meio de um requerimento apresentado na sessão ordinária desta terça-feira (20.02).

“O governo costuma publicar a Dívida Consolidada Líquida Previdenciária nos relatórios de gestão fiscal, mas o último relatório publicado no Diário Oficial não trouxe o valor atualizado dessa dívida”, disse Zeca.

Durante discurso de abertura dos trabalhos legislativos de 2018, o governador Pedro Taques (PSDB) afirmou que havia intenção em aumentar a alíquota da previdência dos servidores públicos estaduais, dos atuais 11% para 14%.

“Precisamos aumentar a alíquota, caso contrário o déficit será de R$ 800 milhões ao ano, isso é impagável”, enfatizou o governador.

Para Viana, antes de se falar em aumento na contribuição previdenciária, é necessário que haja mais transparência na gestão dos recursos públicos.

“O governador veio aqui e falou em um aumento na contribuição previdenciária dos servidores públicos, mas na hora de publicar o relatório de gestão fiscal do último quadrimestre não divulgou qual é o valor dessa dívida previdenciária, diferente do que fez nos últimos anos. Então, queremos que haja mais transparência nesse processo”, disse Zeca.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Zeca Viana propõe realização da Campanha do Agasal... O deputado estadual Zeca Viana (PDT-MT) propôs, durante a sessão matutina desta quarta (21), a realização da Campanha do Agasalho 2017 em Cuiabá, com ...
Zeca Viana pede nova vista e deputados apreciam pr... O deputado Zeca Viana (PDT-MT) voltou a pedir vista ao substitutivo integral referente ao pagamento da Revisão Geral Anual (PGA) aos servidores públic...
Zeca Viana defende CPI para investigar grampos ile... O deputado estadual Zeca Viana (PDT-MT) defendeu a criação de uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) para investigar a interceptação telefônica i...
Oposição critica mudança em data de pagamento de s... A decisão da Mesa Diretora da Assembleia Legislativa de mudar a data de pagamento dos servidores para o dia 10 de dezembro foi alvo de críticas dos pa...