MT-492 (Foto: Jonas da Silva – Assessoria)

O deputado Zeca Viana (PDT-MT)  classificou como “vergonha pública” a situação de abandono em que se encontra o município de Nova Maringá (369 km de Cuiabá). Na questão de rodovias, o parlamentar apontou o fato de existir projeto e dinheiro para obra e o governo não ter concluído.

Zeca Viana recebeu demanda  para a cobertura do pátio da Escola Estadual Osmair Pinheiro Silva (única pública na cidade) e pavimentação das rodovias estaduais MT-249 e MT-492 (Nova Maringá a São José do Rio Claro), em trecho de 80km. Vereadores apresentaram ao deputado fotos da lama e atoleiro nessas rodovias do município.

Pais e professores esperam até 22h com ônibus de transporte escolar parados à beira da estrada devido à precariedade.  Pois, muitos alunos moram próximos às fazendas.

“O que eu presenciei em Nova Maringá foi uma vergonha pública. Nós tínhamos no governo anterior sacramentado e concluído o MT Integrado, onde Nova Maringá estava contemplada”, afirma. “Simplesmente estão se passando quatro anos, esse MT Integrado tinha dinheiro na conta, conclusa a licitação, a empresa estava trabalhando e ele paralisou a empresa e Nova Maringá está aqui isolada do resto de Mato Grosso”, disse o deputado.

O MT Integrado era um programa do Estado orçado em  R$ 1,5 bilhão. Em 2012, os deputados autorizaram o governo de Mato Grosso a contrair empréstimo de R$ 470  milhões para obras de infraestrutura rodoviária.

O acesso ao município pode ser pela MT-488 (via Tapurah) e  MT-160 (São José do Rio Claro e Juara). Cerca 2 mil Km rodovias estaduais cortam a região, das quais 600 km dentro município (MTs 249, 492, 160, 488 e 242). A área do município é de 1,120 milhão de  hectares, com 220 mil hectares de lavoura.

 

Educação

O deputado Zeca Viana visitou o município para oficializar a entrega à Escola Estadual Osmair Pinheiro Silva de 14 kits de smart TV para educação digital, 10 retroprojetores e 6 condicionadores de ar, resultado da emenda de sua autoria no valor de R$ 50 mil. A escola tem 550 alunos crianças, adolescentes e adultos (EJA) nos 3 períodos.

“A única escola da cidade está em situação degradante. Devido a falta de atenção do governo”, compara Zeca Viana, ao citar a falta da cobertura no pátio para proteger alunos do sol. O diretor da escola, Luis Henrique Trentim,  afirmou que a última reforma na escola foi há 10 anos.

A Escola Estadual Ângelo Milhorança, distrito de Brianorte – 90 km da área urbana – é outra unidade de ensino do município. A escola recebeu parte da emenda do deputado com 5 condicionadores de ar.

Relato de alunos e professores diz que o governador Pedro Taques esteve na cidade recentemente e não foi à escola, mesmo com a direção e alunos no seu aguardo terem feito convite para debater a situação da escola. Nem mesmo a assessoria da política estadual da educação esteve no local.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Zeca solicita ao governo informações sobre as obra... Foto: JL Siqueira (ALMT) O deputado Zeca Viana (PDT-MT) protocolou dois requerimentos solicitando ao governador Pedro Taques (PSDB) e a o Secretár...